Por que devemos dar atenção na higienização do bebedouro industrial?

Publicado por Parceiros em

Mais importante que beber bastante água para se hidratar diariamente, é ter a certeza de que está água está livre de impurezas e micro-organismos. Por isso, é necessário higienizar corretamente os equipamentos como filtros, purificadores e bebedouros.

No ambiente empresarial, muitas vezes é comum a empresa não dá a devida atenção a esse quesito. Porém, isso impacta diretamente a saúde de todos os colaboradores e até clientes que consomem dessa água.

Por isso, com a finalidade de trazer mais esclarecimentos às empresas, este artigo explicará o porquê é tão importante dar a devida atenção a higienização do bebedouro industrial.

Por que a manutenção é tão importante?

Para que as empresas possam realizar esse trabalho de manutenção e higienização dos bebedouros industriais é necessário explicar como funciona e quais os motivos que tornam essa atividade tão essencial.

Quando o bebedouro industrial não passa por uma higienização regularmente podem acontecer algumas situações. Veja:

A água que sai com gostos e odores ruins;
A água pode ser contaminada e assim permitir uma proliferação de coliformes fecais e outros micro-organismos que podem afetar a saúde e causarem diarreias e até infecções gastrointestinais severas;
Entupimentos nos sistemas de saída e de controle de temperatura da água;
Comprometer a durabilidade do equipamento.

Uma higienização mais básica pode ser feita pelas próprias pessoas da manutenção da empresa. Já outras atividades de manutenção devem ser feitas por técnicos de empresas especializadas.

Quais os tipos de cuidados essenciais para conservar o bebedouro limpo?

Além do processo de limpeza, existem alguns hábitos diários que ao serem adotados contribuem para conservar os bebedouros industriais limpos e conservados, evita do assim o gasto com manutenções corretivas.

Lavar as mãos sempre que forem ter contato com o bebedouro;
Jamais encontra nariz, boca ou qualquer outra parte no local de saída da água;
Utilize somente garrafas, copos ou canecas;
Não deixe que animais de estimação tenham contato com o equipamento;
Nunca lave as mãos ou qualquer objeto no equipamento.

Como realizar a limpeza do bebedouro?

Além das manutenções preventivas a serem realizadas por empresas especializadas, é indispensável que a própria empresa realize atividades de higienização. Limpeza externa, de preferência toda semana. Já a limpeza interna, de seis em seis meses.

A limpeza interna consiste em limpar a serpentina. Porém, essa atividade exige muito cuidado, pois caso seja danificada o bebedouro não funcionará corretamente e pode parar de refrigerar. A parte do motor também deve ser limpa.
Jamais use produtos com cloro ou abrasivos.

O que de ser feito por um técnico?

Fique atento ao trabalho que deve ser feito por técnicos especializados, pois exige uma desmontagem e conhecido mais complexo sobre o equipamento.

Esterilização e limpeza mais profundam de todo o bebedouro;
Ajustes é substituição dos filtros;
Desmontagem e limpeza das torneiras;
Manutenção preventiva geral, ou seja, verificar se peças necessitam de substituição e lubrificação de componentes.

Mas existem padrões de limpeza a serem observados?

Sim. Todas essas orientações, formas e períodos de higienização seguem um padrão estabelecido por normas de Segurança do trabalho e Saúde.

Algumas dessas normas, as NRs 18, 24 e 30, estabelecem entre outras coisas que a empresa tem a obrigação de fornecer água potável para todos os seus colaboradores. E um desses requisitos é que os bebedouros devem ser higienizados.

Você deve se perguntar como é feita a comprovação que água oferecida está realmente potável. Pois então, é Agfa da de um laudo chamado Laudos de Potabilidade ou estudos equivalentes. Esse documento deve estar dentro dos parâmetros de análise estabelecidos pelas normas.

Para isso também é levado em consideração se os bebedouros estão ligados a galões de água ou a rede de água da empresa.

Se o bebedouro estiver ligado a rede de água deverá obedecer a padrões estabelecidos na Portaria MS 5/17. Nesse caso, poderá receber água vinda concessionária de água.

Já os bebedouros que estão ligados a galões de água devem observar as seguintes Resoluções: 274/05 e 275/05 da Anvisa, pois elas apresentam o regulamento para utilização de águas envasadas e as características microbiológicas da água natural. A empresa deve estar atenta se a água comprada atende aos padrões estabelecidos pelas normas.

Por isso, além da higiene do equipamento, fique atento a qualidade da água que chega até seu bebedouro. Se tudo for feito de forma correta, além da saúde preservada, o equipamento também terá sua vida útil prolongada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *