Estúdio musical atende diferentes artistas e estilos

Publicado por redator em

musical

A profissão de um artista musical é muito apreciada pela sociedade. A música faz parte da vida das pessoas desde o nascimento, quando os bebês são embalados por cantigas de ninar para dormir.

Com o passar do tempo, as músicas passam a fazer parte da vida de outras formas, durante todo o período escolar, na adolescência e na vida adulta.

As trilhas sonoras cinematográficas, os seriados que passam na TV, as novelas com as aberturas e temas de mocinhos e vilões. Até mesmo as propagandas de produtos e as vinhetas jornalísticas possuem notas musicais para chamar a atenção do ouvinte ou telespectador.

Dessa forma, é preciso reconhecer que a música está presente no dia a dia da sociedade, e os artistas musicais são importantes para pontuar momentos da vida de cada pessoa.

Ajustes burocráticos para atender clientes

De vinhetas com poucas notas musicais, até as grandes obras de arte do mundo da música, podem nascer do dom de uma pessoa, sindependente do instrumento musical que ela toca.

Para que as gravações sejam registradas de maneira apropriada, é preciso encontrar um local adequado, com espaço suficiente para que os artistas e colaboradores estejam confortáveis e envolvidos na produção de uma música, qualquer que seja sua finalidade.

Os empreendedores que investem nesse modelo de negócio devem oferecer facilidades dentro de um estúdio musical, com equipamentos apropriados e instrumentos afinados para a criação de peças, sinfonias, músicas e vinhetas.

Para manter tudo devidamente ajustado, a burocracia referente a documentos que envolvem um empreendimento comercial deve ser respeitada. Desde a criação de um carimbo de empresa, para que possa ser aplicado na papelada de contrato, até a papelaria que é comum no setor corporativo, como:

  • Cartão de visita;
  • Papel timbrado;
  • Envelopes pequenos e grandes;
  • Blocos de anotações.

São os cuidados que reforçam a marca do estúdio, ajudam na divulgação dos serviços prestados em mídias especializadas e podem, conforme o crescimento e a necessidade, a criação de um selo.

Assim, é possível servir como agente ou produtor musical, dando oportunidades para os artistas que se destacam em diferentes estilos e ritmos musicais.

Estrutura imobiliária preparada para rock

A construção de um estúdio musical deve ser feita por profissionais que entendem de acústica. Os materiais utilizados nas paredes, a separação de uma área técnica e a disposição de microfones para vocalistas e os instrumentos devem ser apropriados.

A instalação de um quadro de distribuição bifásico de energia elétrica serve para que os equipamentos eletrônicos, como teclados, guitarras, microfones e caixas acústicas sejam ligados de maneira apropriada

A sonoridade deve reverberar no ambiente interno, para que não seja um incômodo para a vizinhança, mesmo com o volume das caixas acústicas no máximo. Os músicos podem escolher entre levar os instrumentos musicais que estão acostumados a tocar, ou utilizar os disponibilizados pelo estúdio.

Um estilo musical que demanda uma reverberação em uma escala mais alta, como o rock’n’roll, utiliza toda a potência de uma guitarra flying v dean, as baterias com muitos pratos na composição, baixo com acordes sincronizados e um vocal eficiente.

Outros estilos demandam instrumentos diferentes, em que muitas vezes dispensam a vocalização, como instrumentos de sopro, cordas e pianos.

Proteção básica de instrumentos musicais

Para os artistas musicais que procuram outros estilos, como o samba, a bossa nova, o sertanejo e até mesmo o rock acústico, os instrumentos demandam alguns cuidados no dia a dia, para que possam permanecer afiados.

O uso de uma capa de violão acolchoada é comum entre os violeiros, pois ela proporciona uma proteção extra sobre o instrumento musical, além de possuir uma alça que permite o transporte facilitado.

O acolchoamento pode ser feito a partir de espuma sintética, ou produzido com estofo de lã e coberta com uma tecido reforçado na parte interna e um couro artificial na parte externa.

Essa proteção também pode ser conhecida como capa de violao almofadada, em que a parte que fica nas costas seja macia e minimize os impactos durante o trajeto em que está sendo transportado.

As lojas especializadas oferecem diversos modelos de capa para proteger outros instrumentos musicais, como baterias, baixos e guitarras. Os violinos e instrumentos de sopro possuem uma caixa almofadada, com acabamento em veludo para o repouso de maneira apropriada, evitando qualquer atrito e possibilidade de risco sobre a superfície.

Chegar em um estúdio musical para gravar uma música autoral, tirando o instrumento da capa violão folk, pode ser uma sensação que apenas um artista pode revelar.

Os empreendedores devem estar preparados para recepcionar e atender as solicitações, pois isso pode ser gratificante, além de ser lucrativo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *