Entendendo as precauções essenciais de segurança no trabalho

Publicado por redator em

 

Investir em segurança no trabalho é uma obrigação para qualquer negócio, cada ambiente tem necessidades específicas, mas há um especialista que nesta área é vital para qualquer negócio. Enquanto os operadores de máquinas precisam de roupas e treinamento adequados, os operadores de telemarketing precisam prestar atenção aos ouvidos e à postura. Da mesma forma, as pessoas que trabalham em uma empresa industrial devem usar itens como EPI máscara.

Além de criar condições de trabalho e reduzir as condições de insalubridade, estes acessórios também servem para proteger os colaboradores, mas como saber o que é importante para promover a segurança no local de trabalho? Quais são os padrões de segurança mais comuns? Como identificar os itens chamados equipamentos epis? Essas dúvidas são comuns e para esclarecê-las, nossa equipe preparou este post.

Equipamentos de Proteção Individual (EPIs):

Para garantir a segurança e proteção no local de trabalho, alguns equipamentos são recomendados ou até mesmo obrigatórios, por exemplo, luvas utilizadas pelos profissionais médicos dos trabalhadores, óculos para quem trabalha com soldagem e por isso existem outros Equipamentos de EPI disponíveis.

A correta compra e distribuição destes acessórios começa com uma análise criteriosa do tipo de empresa, das condições de trabalho e dos riscos envolvidos. Todos esses acessórios são fabricados de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). A necessidade de determinados equipamentos é altamente dependente dos hábitos de trabalho e do tipo de atividade desempenhada.

Para ter a certeza dos equipamentos necessários em cada ambiente, os serviços de consultoria são uma alternativa interessante. Caso a empresa não possua um maior conhecimento , apostar em serviços de consultoria, que te indicarão uma fábrica de equipamentos de proteção individual, útil não só para o planejamento de EPis, mas também para outras coisas importantes. Como mostra a lista abaixo:

  • Análise de Risco;
  • Planejamento para prevenção de acidentes de trabalho;
  • Formação de segurança para colaboradores;
  • Incentivar reuniões sobre segurança e saúde ocupacional.

Com todos esses cuidados, é natural que a empresa em questão se torne um ambiente mais seguro e organizado. Com base nessas características em um cenário como o Brasil, o país com mais acidentes de trabalho no mundo, é substancial. Segundo levantamento da Organização Internacional do Trabalho (OIT), a a cada 8 segundos alguém é vítima de um acidente de trabalho.

Portanto, além dos acessórios adequados, existem outros cuidados que podem e devem ser tomados para aumentar a proteção das pessoas. A formação e as qualificações são uma alternativa para isso.

Curso nr 35 é um dos principais cursos de formação para profissões que envolvam situações de altitude sempre perigosas. Isso inclui mantenedores de postes, construção, industrial, pintura e outros trabalhadores de serviços.

Investir nesse tipo de treinamento de funcionários é fundamental, aliás, a Norma Regulamentadora 35 da ABNT, comumente conhecida como NR35, trata dos procedimentos e cuidados para as pessoas que trabalham em altura. Neste contexto, é obrigatório o uso de capacetes, botas, escadas e cintos adequados.

A associação considera que qualquer atividade realizada a uma altura superior a 2 metros e que apresente risco de queda, por menor que seja, requer estratégias de proteção. Esta formação inclui, portanto, a qualificação do pessoal para se proteger neste ambiente.

Durante o treinamento, alguns fatores são mais estratégicos e precisam ser mais bem considerados. São eles:

  • Equipamentos de proteção individual e coletiva;
  • Análise de risco;
  • Medidas de Prevenção de Quedas;
  • Tipos comuns de acidentes nesta situação;
  • Treinamento de aproximação por corda;
  • Capacidade de executar nós;
  • Manuseio do cinto de segurança;

Além dos cintos de segurança e botas de segurança, outros dispositivos de segurança são comuns nesta área. Luvas de segurança, capacetes e até escadas adaptáveis ​​são comuns. Além de conhecer todos os equipamentos, riscos e processos da NR35, é muito importante que todas as empresas tenham equipamentos de qualidade.

A ABNT e outras organizações possuem diversas regras de fabricação para este dispositivo. Afinal, para garantir a segurança em condições adversas de trabalho, todos os produtos precisam de boa durabilidade e garantia.

Este texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guias de Investimentos onde você encontra centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *