Por que a organização do manequim diz muito sobre a sua loja?

Publicado por redator em

O manequim desenvolve um papel importante no varejo da moda. Entender suas possibilidades de exposição e venda, bem como a melhor forma de sua utilização, é essencial para as lojas do ramo vestuário, que utilizam modelos de manequim feminino plastico, por exemplo.

Como montar uma loja?

A seguir, algumas dicas para auxiliar na aplicação e montagem da loja:

1. Principal recurso visual

Com a correria do dia a dia das pessoas, é quase inevitável que elas entrem, por curiosidade própria, para ver os novos modelos da loja pendurados no cabide ou sob as prateleiras da loja. Por isso, a principal finalidade dos manequins, como o modelo de manequim masculino de plastico – sobretudo os que são postos na vitrine – é de apresentar a mercadoria do interior da loja. Quantas vezes não se escutou “vi outro dia em um dos manequins”? Por mais que as pessoas não possam entrar naquele exato momento, elas se programam para voltar quando o conteúdo as interessa.

A principal área do marketing dessa loja, começa na exposição das peças de roupa no manequim, estes podem ser considerados os responsáveis pela melhor promoção dos produtos. Portanto, independentemente do segmento da loja de roupa, é essencial a utilização dos manequins. Por exemplo, para que se possa comprar um presente apropriado para uma mulher, dentre todas as opções no interior da loja, o manequim feminino proporciona um melhor entendimento de qual tamanho daquele modelo irá servir melhor.

2. Vendedores silenciosos

Além de atrair atenção para a loja e seus produtos, o manequim permite que o consumidor visualize, com maior riqueza de detalhes, o caimento da peça, a combinação com possíveis acessórios, uma sugestão de look e tons que combinem. Essa praticidade de exposição, junta a visualização do consumidor sobre as peças, gera muitas informações e detalhes da roupa. Dessa forma, o manequim reverte a maioria das dúvidas em decisões de compras finais. Por exemplo, o manequim feminino de fibra tem o poder de proporcionar o melhor caimento de peças e acessórios, uma vez que esse tipo é modelado com uma maior semelhança ao corpo da mulher, ao contrário do que podemos ver em manequins de plástico. Além disso, oferece diversidades de poses, como: sentada, pernas cruzadas, mão na cintura. Isso melhora ainda mais a decisão da compra.

É necessário usar diferentes tipos de manequim, para atingir dentro do segmento, o público-alvo que a loja possui

3. Projeção humana nos manequins

Os consumidores fazem a alusão de estarem vestidos com as peças do manequim. Essa projeção em si, é causada pelo apelo visual que os manequins proporcionam. Por esse motivo, são capazes de “vender” looks completos aos consumidores, que desejam estar exatamente daquele jeito exposto. Como são capazes de serem revertidos em mais ações de venda, cada vez mais a importância desses manequins é destacada para o varejo. Por exemplo: o manequim masculino oferece aos homens a praticidade e rapidez que, em sua maioria, são características que esse público-alvo preza na hora da compra.

4. Quantidade ideal

De acordo com alguns especialistas, da área de marketing do segmento vestuário, a loja deve se atentar a quantidade limite de manequins que comporta (contando vitrine e o interior da loja) a fim de não cometerem uma poluição visual. É recomendado que o local possua entre 06 a 10 manequins para lojas de porte pequeno, entre 11 a 36 peças de manequins para lojas de médio porte e acima de 36 manequins, para lojas grandes (lojas de departamentos, por exemplo). Uma dica importante, é conciliar diferentes tipos de manequins. Por exemplo: em época do dia das mães, entreter manequins femininos com manequim infantil. Está na moda o vestuário “tal mãe, tal filha/filho” – em que a filha veste a roupa igual a da mãe ou, o vestuário do filho combina com os tons das peças da mãe.

O visual do manequim deve se adequar ao público-alvo

É sempre importante renovar os manequins de acordo com a personalidade da loja. Novos vendedores silenciosos, mais modernos e visualmente mais bonitos, incentivam ainda mais a compra.

5. Renovação do visual

Quesito fundamental para continuar capturando a atenção do público. As peças devem estar de acordo com a estação do ano e ao seu público-alvo. Dependendo da localização da loja, essa mudança de peças, de acessórios ou até de visual completo, precisa ser feita diariamente – caso seja em local de grande transição de pessoas. Além disso, a vida-útil do manequim é de 3 anos. Por serem projeções humanas, devem ser usados e expostos sempre nas melhores condições.

6. Cuidados e dicas

Não colocar manequins na entrada dificultando o fluxo de clientes; vestir os manequins sempre com os tamanhos adequados; o manequim deve estar limpo, sem desgastes ou quebras; mudar a posição do manequim com frequência e verificar se o mesmo, está colocado em segurança no local para evitar quedas, danos e acidentes.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *