O papel das normas e das medidas de segurança nas empresas

Publicado por redator em

O mundo empresarial e trabalhista possui diversas normas e regras que são estabelecidas para criar uma ordem nas empresas e evitar problemas entre a instituição e os seus colaboradores.

Algumas dessas leis são obrigatórias pelo Ministério do Trabalho, pois ajudam ambas as partes e proporcionam uma harmonia no ambiente de trabalho.

Uma regra muito importante para os espaços de trabalho é a NR 12, norma regulamentadora criada pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego).

O principal objetivo dessa norma é garantir que o maquinário e os equipamentos sejam seguros para que os trabalhadores possam utilizá-los durante o expediente.

A importância da NR 12 nas empresas

Essa norma, a NR 12, é de total responsabilidade do empregador, ou seja, ele precisa adotar medidas protetoras para o uso seguro das máquinas e equipamentos, evitando acidentes, paradas na produção, afastamentos dos funcionários e problemas burocráticos que geram muitos prejuízos para a companhia.

A integridade física e A saúde dos colaboradores é de responsabilidade do empregador, por isso, investir capital e recursos para a adequação nr12 é essencial para tornar o ambiente de trabalho adequado para todos.

Pesquisar informações sobre empresas especializadas em adequações de normas regulamentadoras em espaços destinados a serviços é importante, pois, as companhias que atuam nesse ramo pode ajudar os empregadores que estão começando as suas atividades e não têm conhecimento sobre essas regras.

A nr12 engloba alguns conceitos que precisam ser considerados no momento de implementação:

  • Segurança do trabalhador;
  • Proteção coletiva e individual;
  • Medidas administrativas e de organização no espaço de trabalho;
  • Utilização de equipamentos e máquinas seguras;
  • Melhoras nas condições de trabalho.

Esses são alguns dos conceitos que são priorizados no momento de adequar a norma regulamentadora 12 no ambiente de trabalho.

Com tantos fatores para colocar em prática, rearranjos nos espaços e questões burocráticas que precisam ser pensadas, os serviços de uma empresa de adequação nr12 são uma excelente solução para conseguir cuidar de tantos detalhes importantes.

Uma empresa de adequação de normas regulamentadoras ajuda os empregadores a transformarem as regras em ações práticas nas companhias.

Os profissionais dessas empresas realizam uma análise do ambiente, ou seja, um levantamento específico de cada máquina e equipamento presente na firma.

Depois de verificar os itens, é necessário fazer uma lista com os riscos que o maquinário oferece aos colaboradores e, com essa lista, a empresa de adequação propõe as soluções e alternativas que podem ser executadas para evitar problemas.

Com isso, o ambiente fica com boas condições para os colaboradores, que podem trabalhar com segurança e harmonia, gerando bons resultados.

Medidas para a prevenção de acidentes e doenças

A nr12 é importantíssima para o ambiente e o maquinário, mas, não é suficiente nas empresas.

A CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) é essencial nos cuidados com os funcionários.

As pessoas que atuam na CIPA têm como objetivo analisar as condições de trabalho na qual os trabalhadores são submetidos e, com base nas informações, solicitam medidas de redução de riscos, visando à eliminação de ameaça a saúde física e integridade dos indivíduos.

Ter um kit cipa completo na empresa é importante, pois, em casos de emergências ou resgates, esse kit auxilia os profissionais. Os itens do kit são:

  • Prancha longa de polietileno;
  • Cintos;
  • Tala aramada;
  • Bandagem;
  • Luvas descartáveis;
  • Ataduras;
  • Máscara cirúrgica;
  • Tesoura reta;
  • Cobertor térmico;
  • Estetoscópio.

Esses são apenas alguns dos inúmeros itens que um kit cipa pode ter e que ajuda os profissionais em casos de acidentes, resgates, emergências.

O kit pode ser usado em hospitais, consultórios e ambientes extra-hospitalares.

Itens fundamentais em situações emergenciais

No kit cipa, alguns produtos são muito importantes, pois, ajudam os profissionais a deixar a pessoa ferida ou acidentada em condições adequadas para serem levadas até um hospital próximo do local.

O imobilizador de cabeça, por exemplo, tem a função de imobilizar a cabeça e região da cervical, proporcionando estabilidade ao indivíduo, evitando danos graves.

Os imobilizadores de cabeça são compostos por tiras de fixação do queixo e testa, além de uma espuma impermeável, que proporciona conforto e segurança ao paciente.

A prancha de resgate com imobilizador de cabeça é outro elemento fundamental para os profissionais da equipe do CIPA, pois, ajuda a transportar a pessoa acidentada até a ambulância de maneira segura, já que a prancha possui alças que facilitam o manuseio.

Portanto, os investimentos em medida de segurança do trabalho, implementação de normas e equipamentos de situações de emergência são importantes para garantir a qualidade e o sucesso nos negócios.

Pesquisar informações e ter ajuda de profissionais experientes é o caminho para conseguir um ambiente harmônico e evitar grandes problemas.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *