Montando o seu negócio

Publicado por redator em

Por conta da crise econômica, muitas pessoas com qualificação foram dispensadas de seus empregos e decidiram ter ideias empreendedoras e apostar na criatividade, abrindo seu próprio negócio

Ter seu próprio empreendimento apresenta muitos desafios, principalmente no quesito de definir qual será o negócio, contato com fornecedor, público-alvo e ainda o valor do investimento necessário para abrir o negócio.

Diante de tantos detalhes é importante que o futuro empreendedor tenha um controle financeiro e busque apoio em consultorias.

Se você deseja ser um futuro empreendedor, esse artigo é para você! Confira dicas de como abrir seu próprio negócio, com total controle financeiro.

Controle do orçamento

Um dos detalhes importantes ao se abrir um negócio é realizar um bom planejamento em relação ao investimento, capital de giro e prazo do retorno financeiro sobre o que foi investido.

Para isso, o dono precisa ter um apoio e consultoria em empresas que possam lhe auxiliar, assim como:

  • Buscar o melhor preço diante do mercado;
  • Encontrar bons fornecedores;
  • Analisar seu custo-beneficio;
  • Verificar quanto vale seu produto;
  • Orçamento de quanto irá investir em ações de divulgação e marketing;
  • Irá pagar aluguel ou o prédio é próprio;
  • Contratação dos funcionários (quantidade, salário e benefícios).

É importante verificar também o tipo de moeda em que ele irá investir e receber o dinheiro, já que muitos empreendedores compram produtos no exterior para comercializar no Brasil.

Contar com o apoio e instrução de um economista seria bastante interessante nesse processo, com o objetivo de ajudar a entender como realizar a conversão de valores e se as ações ou investimentos na bolsa de valores, por exemplo, está sendo vantajoso nesse momento.

Organização no atendimento

Se o seu empreendimento irá trabalhar com atendimento ao público, existem métodos que podem ajudar no controle do número de pessoas, ou da ordem do atendimento, respeitando os critérios estabelecidos por lei, sobre o atendimento preferencial.

Não existe nada pior do que chegar em um local e ter grandes filas ou sentir que uma pessoa chegou depois e passou na sua frente. Isso acaba afetando a credibilidade da empresa, atrapalhando os negócios.

Um elemento importante pode ser instalar um Painel de Senhas, que chame a pessoa pelo nome ou número, indicando qual local ela deve ir.

Isso é muito comum em bancos ou em locais que prestam serviços para a população, como é o caso de alguns órgãos públicos e, ainda, hospitais.

Esse tipo de material, como é o caso do uso do painel traz ainda maior confiabilidade e segurança sobre a empresa, também ajuda no controle do número de visitantes e de uma especificação sobre os serviços que foram prestados ou que são requeridos com mais frequência.

Como essas senhas são de papel é importante pensar também no seu processo de contagem e descarte, e um dos elementos que podem ajudar nesse processo é o dispensador de senha bico de pato.

Esse tipo de equipamento é mais simples, não atuando de forma eletrônica, com investimento menor e apresenta bastante eficiência nesse controle de pessoas.

Equipamentos que podem ajudar

Para realizar o controle do que entra e sai da sua loja ou negócio, existem alguns aparelhos técnicos que podem ajudar. Alguns softwares e sistemas de computadores podem realizar o controle do que foi pago e registrado.

Ademais, a emissão da nota fiscal serve como um controle do que entrou, dos impostos que serão tributados ao governo, assim como o lucro do dono do empreendimento.

Além de ter uma caixa registradora, com acionamento e travamento, é importante investir também em monitoria, por meio de senhas e câmeras de segurança.

Outro detalhe importante pode ser ter uma contadora e classificadora de moedas, visando facilitar o processo de contagem e ainda apresentar maior precisão sobre o procedimento, não deixando que nenhum valor se perca ou fuja da contagem.

Além disso, a presença de um profissional contador também pode auxiliar no processo de ver o quanto uma empresa recebe e gasta por mês, ajudando em processos estabelecidos pelo Governo Federal, como é o caso da declaração do imposto de renda.

Isso é importante para que a empresa esteja regularizada diante da lei, por isso, o apoio desse profissional pode ser tão importante nesse período.

Também existem cursos sobre empreendedorismo, para quem deseja se arriscar e abrir seu próprio negócio, que oferecem dicas, prestam consultorias e atendimentos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *