Meias de compressão: para que servem e quando usar?

Publicado por redator em

Provavelmente, se você tem dores na panturrilha ou má circulação sanguínea, já deve ter ouvido falar sobre meias de compressão. 

Isso porque, tais meias ficaram bastante conhecidas por tratamento de varizes e dores na região da perna.

Entretanto, esses não são os únicos benefícios. Existem outros aliados da meia de compressão.

Por isso, nesse texto iremos te explicar de maneira bastante detalhada o que são as meias de compressão, para que elas servem, quem deve usar e quando usar. Então, vamos lá!

O que são meias de compressão? Para que elas servem?

As meias de compressão utiliza-se de um tecido elástico e foram desenvolvidas com uma tecnologia bastante avançada no mercado. 

Exatamente por esse motivo, conseguem desempenhar funções tão importantes, como auxiliar no retorno do sangue venoso e da linfa dos pés até o coração de maneira mais eficiente e rápida.

Quem tem, por exemplo, má circulação, inchaços, varizes ou até mesmo doenças crônicas sofrem com o congestionamento das veias, o que impede que o sangue percorra de um lugar a outro com facilidade, especialmente, no retorno das pernas para o coração. 

Ou seja, a terapia da compressão com o tecido elástico tem como objetivo diminuir a pressão venosa, comprimindo os membros inferiores de maneira uniforme, mais forte no tornozelo e mais sútil na coxa.

Isso porque essa compressão dá o direcionamento correto do sangue. 

Quem deve usar?

Popularmente, as meias de compressão são indicadas para os casos citados acima, em que pessoas tem: má circulação, inchaços, varizes e até mesmo doenças crônicas. 

Porém, os inchaços, por exemplo, ocorrem basicamente por cansaço do músculo inferior. 

Assim, as meias de compressão tem como objetivo normalizar o funcionamento das veias e reduzir dores. 

Logo, além destas, existem mais pessoas que podem se beneficiar dessa tecnologia, como: 

  • gestantes; 
  • praticantes de exercícios físicos; 
  • quem está em período de recuperação de cirurgia;
  • pessoas que passam muitas horas do dia sentadas ou em pé;
  • quem sofre com trombose (ou é uma pessoa em recuperação desta doença);
  • ou qualquer pessoa que sinta dores frequentes nesta região.

Conheça produtos hospitalares

Quando usar?

É importante frisar que existem meias de diversos modelos, de baixa a alta intensidade.

A escolha depende única e exclusivamente dos sintomas que você tem no dia a dia e da intenção, se é por obesidade, trombose, gestação, exercícios físicos e etc.

Saiba que a utilização ideal é no período matutino, para evitar a dilatação das veias sanguíneas do corpo humano.

Também pode garantir que você não sinta dores e possíveis incômodos na hora de realizar qualquer atividade. 

Para colocá-la não tem segredo, levante a perna e coloque a meia com cuidado. 

A retirada também é bastante fácil, basta você levar a meia até o calcanhar e, posteriormente, puxá-la passando por todo o pé.

Seguindo todos esses cuidados, é possível aumentar a durabilidade do produto, podendo utilizar a mesma meia por, em média, 4 a 6 meses. 

Além disso, é possível ter resultados melhores, como menos dores e menores chances de adquirir doenças crônicas ou trombose.

Depois de ler todas essas informações, você já tem conhecimento suficiente para decidir se é hora ou não de usar meias de compressão.

Texto produzido por: Real Guide


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *