Importância de ensinar as crianças de onde vem a comida

Publicado por redator em

Hoje, menos crianças têm experiência em primeira mão com alimentos fontes de nutrientes. No passado, muitos de nós tínhamos jardins no quintal ou visitávamos fazendas de familiares ou amigos.

Colhemos maçãs, feijão ou ovos. Hoje, muitas crianças experimentam apenas alimentos industrializados dos supermercados.

Reconectar nossos filhos às origens dos alimentos pode construir sua compreensão conceitual das fontes de alimentos, além de proporcionar uma oportunidade para formar hábitos alimentares saudáveis ​​e aprender sobre as implicações ambientais do crescimento orgânico, bem como do transporte de alimentos por longas distâncias.

Como ensinar seus filhos sobre as fontes de alimento

Aqui estão algumas sugestões para introduzir a ideia de fontes de alimento para seus filhos.

1 – Plante sua própria horta

Uma horta pode ser tão pequena ou grande, dependendo de quanto o seu tempo e espaço permitirem. 

Mesmo que você tenha um tomateiro-cereja em um recipiente na varanda ou no quintal, dê ao seu filho a chance de experimentar o ciclo de cultivo e colheita de alimentos locais.

Algumas regiões patrocinam jardins comunitários ou urbanos, onde várias famílias que não têm espaço para jardinagem podem cultivar uma pequena parcela juntas.

2 – Participe de um grupo de Agricultura Apoiada pela Comunidade (AAC)

Também conhecida por CSA, em inglês, “community-suported agriculture”, é um sistema em que muitas fazendas oferecem alimentos cultivados localmente, geralmente orgânicos, por uma espécie de aluguel. 

Uma família compra uma parte de uma fazenda local, e recebe uma sacola, uma caixa ou crédito pelas frutas e vegetais frescos que colhe todas as semanas. 

A compra de ações ajuda a garantir a subsistência do agricultor, e a comida é sazonal e fresca fora da fazenda. O local de coleta para os vegetais geralmente é a própria fazenda. 

Isso pode se tornar uma experiência divertida e educacional para seus filhos.

3 – Considere realizar uma refeição sazonal a cada semana 

Isso significa apenas o uso de frutas e verduras da estação, que não sejam cultivadas em climas diferentes e enviadas de longe. 

Se você compra em mercados de agricultores ou participa de um AAC, isso é fácil, afinal, eles carregam apenas itens da estação.

As crianças mais velhas podem gostar de fazer um gráfico de quando suas frutas e legumes favoritas estão disponíveis localmente, por exemplo, aguardar o tempo da colheita.

4 – Visite o mercado dos agricultores locais com seus filhos 

Os mercados de agricultores oferecem às crianças a oportunidade de ver alguns alimentos e vegetais com os quais não estão familiarizados. Eles podem, inclusive, conversar com o fazendeiro. 

Recursos adicionais para uma alimentação saudável

  • Compre junto com a nossa mãe blogueira usando sua lista de compras saudável para crianças e famílias.
  • Use estas dicas para obter comedores exigentes para experimentar novos alimentos
  • Atualmente, as alergias alimentares são muito comuns – entenda melhor as alergias alimentares.
  • Aqui estão onze idéias de almoço sem nozes para crianças em idade pré-escolar .
  • Encontrar receitas para alimentos de dedo criança saudável e lanches criança saudável.
  • Visite o blog do Family Room para obter posts sobre saúde da família, nutrição e receitas para crianças.
  • Pesquise nas atividades de Aprendizagem em casa para descobrir jogos de aprendizagem para brincar com seus filhos enquanto espera nos restaurantes.
  • A nutrição é apenas parte de um estilo de vida saudável. Assista a este webinar sobre fitness familiar.

Colocando essas dicas em prática, você poderá levar suas crianças a terem um conhecimento mais amplo sobre a origem dos alimentos fundamentais para uma alimentação mais balanceada, além de saber como melhor introduzi-los no seu dia a dia. 

Texto por: WNWeb


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *