E-commerce: Como a fotografia de moda tem contribuído a esse tipo de negócio?

Publicado por redator em

O antigo dito popular já afirmava que uma imagem, ou fotografia, vale mais que mil palavras. Ao trazer esta filosofia para o meio digital, em especial o e-commerce, é possível ter certeza de que o seu inventor tinha total razão.

No âmbito da publicidade, marketing e moda, as fotografias dominam, principalmente nos dias atuais em que ninguém consegue ficar sequer um segundo sem acessar as redes sociais, como Facebook e Instagram.

Não é à toa que a procura por curso de fotografia para iniciante cresceu, uma vez que a imagem acaba por ser um dos principais fatores que leva o fechamento de uma venda online.

Abaixo, descubra como a fotografia de moda tem contribuído para o mundo do e-commerce.

A importância da fotografia no e-commerce de moda

A partir do momento em que uma pessoa visita qualquer loja de roupas físicas, vai querer ver as peças e modelos que aquela loja vende e, obviamente, os terá disponível.

No entanto, quando o mesmo procedimento acontece em uma loja online, por exemplo, se a mesma não possuir as quantidades de fotos ideais, é muito capaz que a venda não se concretize.

Geralmente, quando uma loja online é visitada, o cliente quer ver as seguintes características:

  • Modelo;
  • Cores disponíveis;
  • Vestimenta em um manequim;
  • Parte da frente da peça;
  • Parte inferior da peça;
  • Zoom no material da peça.

Na prática, o cliente precisa ter certeza de que aquele produto vai combinar e ser uma boa aquisição para o momento.

Por conta disso, diversos cursos de fotografia em SP oferecem aulas especificas para e-commerce, devido à alta proporção que a plataforma tem atingido nos últimos anos.

Imagem vende mais

De acordo com pesquisadores norte-americanos, o cérebro humano é capaz de identificar uma imagem em apenas 13 milissegundos.

O estudo foi divulgado no site Megacurioso, que ainda comprovou que a mente é capaz de manter uma foto guardada, mesmo tendo a vista por menos que um segundo.

Trazendo a ideia para o programa de e commerce de um estabelecimento, que investe em fotografia, o resultado é o aumento no número de vendas da loja online.

Só no ano passado, o e-commerce faturou R$ 47 bilhões. Os dados são da 37º Webshoppers, apresentado pela Ebit.

Organização que mede a reputação das lojas virtuais. Deste total, o segmento de moda teve o melhor aproveitamento, com 14,2% do montante.

Por conta disso, se tornou muito comum ver software para loja de roupas, que fornece o trabalho de gerenciamento digital, incluindo a gestão do ambiente digital.

Impacto digital

Com certeza, a fotografia tem papel importantíssimo no mundo do e-commerce de moda, pois conta com a tarefa de apresentar o produto ao consumidor.

De maneira atrativa, detalhista, bem como o destaque de cores, texturas e modelos. Além do mais, a foto contribui para a decisão de compra do possível cliente.

A imagem é capaz de suprir a ausência de um vendedor, por exemplo. Assim como foi mencionado há pouco, as fotos precisam ser a resposta de todas as dúvidas acerca daquele produto em questão.

Assim sendo, concretizar uma venda fica muito mais fácil e descomplicado no ambiente digital.

Por conta disso, é comum ver uma escola de fotografia SP trabalhar com o tratamento de imagem voltado para o mundo digital.

O crescimento da área tem se tornado constante, principalmente no âmbito da modelagem. Contudo, não basta tirar a foto e publicar no site da loja.

Ela precisa ser tratada e melhorada, tudo com um software de edição e esta tarefa fica incumbida pelo fotógrafo, na maioria dos casos. Se não, fica por conta de uma equipe e edição especializada.

É fundamental que a fotografia apresentada no site impacte e passe segurança ao consumidor, da mesma maneira que passaria em uma loja física.

No curso de fotografia, geralmente os atuais, são ensinadas algumas técnicas que ajudam a trabalhar a veracidade que a imagem deve passar.

Além disso, é importante disponibilizar várias imagens do produto, com angulações variadas, excelente zoom e por aí vai. Isso porque transmite ainda mais confiança e segurança para o futuro cliente.

É como se ele estivesse na própria loja, por isso, o ambiente digital deve ser descontraído, como fotos atraentes e diversas opções de escolha. Dessa forma, o visitante fica confortável e seguro para apertar o botão de compra.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *