Condomínios residenciais demandam gerenciamento diversificado

Publicado por redator em

condomínios

A administração de condomínios residenciais pode ser comparada ao gerenciamento de uma empresa, embora não tenha nenhum fim lucrativo, apenas habitacional.

Acontece que o empreendimento imobiliário é uma pessoa jurídica, com captação de recursos por parte dos condôminos, por meio de taxas e multas, para a contratação de serviços terceirizados de limpeza, higienização e manutenção predial.

Dessa forma, é preciso contar com profissionais técnicos para que possam orientar os moradores em questões específicas. Entre elas:

  • Formalização de condomínio;
  • Contratação de profissionais;
  • Manutenção de áreas comuns;
  • Gestão operacional.

Algumas figuras são essenciais para que o dia a dia do condomínio seja seguro e confortável para os moradores, como o síndico e o zelador. Outros profissionais contratados de forma terceirizada podem realizar tarefas pontuais, como pode-se observar a seguir.

Assessoria administrativa reúne profissionais

Como uma empresa, um condomínio é dividido por diferentes setores, como os apartamentos,, a área de lazer, os ambientes de uso comum, as portarias, o estacionamento, entre tantos outros espaços.

Cada um desses locais precisa ter alguém responsável, todos eles envolvendo, em maior ou menor grau, os proprietários dos imóveis dentro do condomínio. Os espaços de uso comum precisam ser cuidados por todos, mas uma limpeza e manutenção não é, obrigatoriamente, responsabilidade do morador.

Por isso, a contratação de uma administradora de condominios SP é necessária. Essa assessoria se responsabiliza por diversas tarefas, como contratação de profissionais de limpeza, seguranças patrimoniais, porteiros, entre outros serviços, como paisagismo e jardinagem, cuidados com a piscina e a zeladoria, de uma forma geral.

Compra por atacado barateia custos mensais

Uma administração centralizada permite que as compras de suprimentos utilizados no dia a dia de um condomínio sejam feitas no atacado. Dessa forma, o custo com material de limpeza preços são menores quando comparados se vendidos no varejo.

Os gastos são proporcionais ao tamanho do condomínio residencial. Quanto mais moradores e apartamentos, maior o preço a ser pago para profissionais e materiais utilizados na manutenção e limpeza dos espaços.

Os profissionais que trabalham nesse setor devem estar devidamente uniformizados e utilizando equipamentos de segurança individual, para preservar a saúde. O uso de máscaras e luva de limpeza enquanto manuseiam produtos químicos é obrigatório, assim como botas de borracha e vestimentas apropriadas.

Comunicação direta entre condôminos

A portaria é um ponto movimentado dentro de uma estrutura condominial. A chegada de visitantes passa por esse local, como forma de garantir a entrada apenas de pessoas autorizadas. Serviços de entrega e atendimento a profissionais terceirizados também são obrigados a se identificar, reforçando a segurança de todo o espaço.

Para se comunicar com os moradores, o condomínio conta com um serviço de telefonia PABX (Private Automatic Branch Exchange), sendo dividido por espaços distintos, como:

  • Portaria;
  • Zeladoria;
  • Escritório do síndico;
  • Apartamentos.

Esse serviço pode ser instalado por uma empresa especializada, para que a passagem de fios e cabos esteja disponível em todos os locais necessários, inclusive em salões de festa, almoxarifado e áreas de lazer.

Pagamento de fornecedores discriminados

A reunião de condomínio deve ser realizada periodicamente, para que todos os relatórios sejam apresentados aos moradores, indicando os gastos mês a mês.

Esse levantamento pode ser realizado por um consultor contabil que trabalha para a administradora. Os apontamentos devem ser discriminados de forma individual sobre os custos de serviços terceirizados, compra de materiais de limpeza, entre outros gastos necessários para manter o condomínio em condições adequadas para moradia.

Dessa forma, é possível entender para onde vai a taxa cobrada de maneira mensal dos proprietários dos imóveis. A formação de um fundo emergencial também é indicado, pois há certas emergências que demandam dinheiro.

O pessoal responsável pela contabilidade presta um serviço de processamento de folha de pagamento das empresas terceirizadas que trabalham no setor de limpeza e segurança. Com isso, toda a responsabilidade fiscal está inclusa nos valores pagos de maneira integral.

Muitas tarefas que ficam sob a responsabilidade de profissionais dependem de conhecimento técnico, ferramentas apropriadas e, em determinados casos, até mesmo de um software exclusivo para o controle apropriado.

Para os moradores de um condomínio, contar com esses profissionais é essencial, pois eles apresentam relatórios periódicos sobre os serviços contratados. São valores de grande custo, independente do tamanho do empreendimento imobiliário, pois envolve muitos serviços terceirizados, taxas e impostos.

Assim como uma empresa, é preciso entender que um condomínio residencial precisa ser administrado por pessoas competentes, que saibam quais procedimentos são os mais adequados a todo momento.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *