Como montar um processo de link building

Publicado por redator em

Se você busca aumentar o tráfego orgânico da sua loja, já deve ter ouvido falar sobre a importância dos backlinks em uma estratégia de SEO para e-commerce.

Neste conteúdo procuramos trazer um modelo de processo de link building que a sua empresa pode adotar para conseguir seus primeiros links, aumentar a quantidade, melhorar o processo e o posicionamento do seu site, e assim aumentar suas vendas.

O que é Link Building

Antes de falar em processos, vamos nos situar. Link building trata-se de um conjunto de estratégias que busca construir uma rede de links apontados para o seu site com o objetivo de aumentar sua autoridade, seu tráfego e assim isso colaborar para o aumento das suas vendas ou oportunidade de negócio.

Backlinks possuem um grande peso dentro dos componentes de algoritmo do Google em relação ao rankeamento de um site. Executar uma boa estratégia pode fazer uma grande diferença no aumento de tráfego do site.

 

 

Uma das dúvidas principais de gerente e analistas de marketing das empresas é como conseguir executar um bom processo de link building, conseguirem mais links e tráfego. Com tantas informações, ações e modelos que surgem na internet, tentamos através deste conteúdo simplificar este processo, demonstrando a importância de cada etapa inserida neste processo. Vamos lá?

 

Política do Google em relação ao processo de link building

Nesses anos, já me deparei com vários modelos de processos e formas diferentes de obter links para o site. Cada profissional ou agência de e-commerce executando conforme suas práticas, estudos, testes e que muitas vezes surgem debates do que é certo ou errado a ser feito.

Um dos pontos mais debatidos é em relação a política do Google e suas diretrizes. Orientado a experiência do usuário, o Google tem em suas diretrizes a naturalidade da obtenção de links, e é aí que os caminhos de profissionais e agências de marketing muitas vezes tomam caminhos diferentes.

Não é incomum vermos profissionais comprando backlinks, obter links artificiais que muitas vezes são de outros países, nichos diferentes ou gerados através de ferramentas disponibilizadas no mercado. Nesse ponto, o risco de penalização e perca de posição de tráfego do site está em jogo, e essas ações muito discutidas no meio de comunidades de SEO.

Para você ter maiores detalhes das “regras” desse jogo, acesse o link abaixo das diretrizes do Google, e como, de acordo com o maior mecanismo de busca do mundo, devem ser orientados os seus processos de link building.

https://support.google.com/webmasters/answer/35769?hl=pt-BR

No que consiste um bom processo de link building?

Deixando de lado a discussão sobre o certo ou errado, o que já é bastante discutido entre os profissionais, vamos mostrar a você como acreditamos ser um bom processo de link building, as ações que compõe e sua importância em uma estratégia geral de SEO.

Conhecimento da Persona

Para obter bons links para o seu site, que seja relevante e que tragam os compradores do seu produto ou serviço, ter bem definido a persona é fundamental para o sucesso de uma boa estratégia de link building.

Vamos imaginar que você não tem definido a sua persona, ou seja, não sabe os interesses, motivações, problemas e outros aspectos que ajudem a entendê-la. Como seria possível identificar o comportamento de navegação, quais sites ela frequenta, quais tipos de conteúdo consome e etc.

Acredito que muitos acabam já errando nesse começo, realizando parcerias, ações de guest post ou obtendo links de sites que não estão alinhados com a sua persona, e acaba não trazendo tráfego qualificado para o seu site, ou seja, ele pode até aumentar, porém vai acabar derrubando sua taxa de conversão e aumentando a taxa de rejeição do seu site, pois eles não vão acessar ou até mesmo acessar e logo sair, pois não está de acordo com seus interesses.

Para dar um exemplo, seria como se um petshop recebesse um link de um blog que fala sobre seguro de celular. Parece ser algo difícil de ver, mas há quem ainda adote essa estratégia levando em consideração somente determinadas métricas, desconsiderando o objetivo final do negócio que é trazer público qualificado que resulte em vendas.

Conteúdo

O conteúdo é o maior aliado em uma estratégia de link building. Um conteúdo relevante e que ajude o usuário tem maior probabilidade de ser linkado e ser referência para outro site. Neste conteúdo você irá notar que aponto link para outros sites que complementem a informação que quero passar.

Em conteúdo pode ser explorados diversos formatos, como:

  • Ebook
  • Infográfico
  • White paper
  • Vídeo
  • Estudos de caso

Nos casos de e-commerces é comum ações com blogueiros e influenciadores que apontam links para loja em ações de unboxing ou testando o produto e indicando a sua audiência. Além de possuir um alto volume, conta com uma audiência qualificada.

Qualidade dos links

Ganhar link por ganhar também não traz muitos benefícios. Ter uma boa qualidade dos link é importante para que sua estratégia de SEO e link building tenha sucesso. Conforme vemos, ter um link de um site orientado ao seu nicho e persona, é melhor do que ter 100 links em sites sem conexão.

Avaliamos a qualidade orientando-se pela autoridade de domínio (DA – domain authority), autoridade de página (PA – Page authority), Trust (confiança) e também um item a mais que geralmente coloco, o volume de tráfego que aquele site recebe.

Esses indicadores ajudam a prospectar aqueles links que sejam interessantes para o negócio e que possam ajudar a aumentar as visitas qualificadas para o nosso site.

Quantidade de links

A quantidade ainda possui peso nas estratégias de SEO em um processo de link building. Ter domínios únicos apontados para o seu site também é fator para melhor classificação nos mecanismos de busca.

Claro, não é recomendado ter um “spam” de links, ou seja, você não tem nenhum link para o seu site e do nada surgem 50 links, 100 link apontando para ele. Sim, existem alguns conteúdos que podem se tornar virais e você conseguir que diversos domínios referenciem o seu site. Um exemplo é esse vídeo viral da Red Bull que alcançou marcas extraordinárias de mais 42 milhões de visualizações e 77 mil links apontados de 7.000 domínios únicos. O que reforça que um conteúdo diferenciado pode fazer a diferença.

Processo de link building

Agora um pouco contextualizado a importância de alguns aspectos que compõem um processo de link building, vamos organizar e ver como montar esse processo, e assim dar os primeiros passos para obter backlinks.

Prospecção de links

Como pode ver, tudo começa com a definição clara da sua persona. Com ela você saberá onde o seu público consome conteúdo e assim buscar conexão com esses canais.

Com base na persona, separo em 4 etapas nosso processo de prospecção

  1. Pesquisa de sites orientado a persona;
  2. Avaliação da qualidade e relevância do site;
  3. Contato e relacionamento com o site;
  4. Conquista do link;

Pesquisa de sites orientados a persona

Com os dados da sua persona em mãos, você deve ter uma noção de quais sites ela costuma se informar e acompanhar. E é lá que você pode expor o nome da sua marca e ter o objetivo de conquistar o link apontado para o seu site.

Você pode pesquisar de algumas formas:

  • Você pode realizar uma pesquisa no Google com tema de interesse da sua persona e ter a relação de sites que não seja seu concorrente, mas que aborde aquele assunto, e então relacioná-lo (ainda não entraremos em contato, somente relacionamos ele em uma planilha para avaliação).
  • Há ferramentas como a Semrush, Hrefs, Moz e Majestic que exibem os sites que apontam links para os seus concorrentes, sendo essa também uma oportunidade de conquistar o link.
  • Levantar parceiros comerciais que estejam alinhados a mesma persona.

Avaliação da qualidade e relevância do site para link building

Provavelmente agora você tenha em sua planilha, sites que possam ser oportunidades de parceria para backlinks. Mas antes de entrar em contato com eles, precisamos avaliar a qualidade daquele site, e se irá te ajudar no objetivo de aumentar o seu tráfego e leads qualificados.

Para isso, há o uso de algumas ferramentas que comentamos acima, como: Semrush, Hrefs, Moz, Majestic, entre outras. São ferramentas pagas, mas algumas delas oferecem Trial e até plugins gratuitos que podem ser usados para essa fase.

Aqui avaliamos alguns critérios, como: PA, DA e tráfego que aquele site recebe, além de avaliação dos backlinks que recebe de outros sites.

Quando avaliamos a autoridade de página e domínio, estamos avaliando a qualidade e quantidade de links que recebem. É importante destacar que não métricas oficiais do Google, e sim parâmetros de qualidade da MOZ, uma empresa de consultoria de SEO reconhecida no mercado, onde publica diversos estudos e testes que realizam ao longo do tempo.

Para essa avaliação, você pode usar o Moz Bar. Um plugin que você instala, e acionado, mostra o PA e DA daquela página.

Essa métrica vai de 0 a 100. Como pode ver, são poucas as empresas que atingem esse grau. Então quanto mais próximo a 100, melhor estará sua classificação.

Após essa etapa, é provável que tenha descartado e reunidos aqueles potenciais. Uma etapa antes de entrar em contato, procuro pesquisar na Semrush, como está a projeção de tráfego daquele site e backlinks que recebe, se recebe muito spam.

Você consegue fazer 10 solicitações gratuitamente antes de precisar assinar a ferramenta. Mas você pode utilizar outro plugin chamado SimilarWeb que lhe dará uma noção de tráfego médio daquele site. Mesmo não sendo exato, é possível ter uma projeção.

Vamos lá, falta pouco.

Contato e relacionamento com o site

Agora com a lista de sites interessantes para iniciar parceria, você pode entrar em contato com eles. Mas o que falar, não é verdade?

Uma das ações mais comuns é a ação de guest post. Além de contribuir para alimentar o blog de cada site, pode ser a oportunidade de incluir seu site nas referências e atingir um novo público.

Conteúdos feitos em parcerias, como materiais ricos também são oportunidades para as ações de backlink. Além de você conseguir complementar com alguma informação o conteúdo do site parceiro. São ações onde ambos saem ganhando e que costuma dar certo e ter grande aceitação.

Veja nos sites, os contatos para enviar um email propondo essas ações de guest post, ou se identificar algum link quebrado no site, poder atualizar o conteúdo, e assim indicar seu link naquela página.

Conquista do link

Agora estamos na fase final do processo de link building. Você pesquisou, qualificou, entrou em contato, e agora você terá o retorno daqueles sites. Nem todos irão aceitar colocar um link para o seu site, blog ou conteúdo.

Mas assim como um funil, é preciso gerar um volume no topo para que ao final, você conquiste cada vez mais links.

Uma sugestão é ter uma organização em planilha com os sites que relacionou, aqueles que entraram em contato e os que aceitaram. Tudo isso com as informações de contato. Isso será importante para que você estabeleça uma relação e assim forme uma parceria mais duradora do que um único link e possa avançar para ações mais profundas, como um webinar, produção de um material rico ou outra ação que os dois unam suas bases de clientes, se possível, aumentando seu alcance.

Dicas

Agora com o processo, é preciso tomar cuidado para que não torne uma ação de spam. Onde seu site comece a dar indícios de querer burlar as diretrizes do Google, e assim acabar sendo punido.

A quantidade de links é muito relativo. Não há uma fórmula mágica ou quantidade pré determinada que você deve conquistar. Como sugestão, você pode começar com a conquista de 5 links por mês ou até 10, dependendo da concorrência do seu nicho. O Importante é ser um processo natural, onde um bom conteúdo prevaleça e que ajude a audiência, que é o principio do Google.

É importante acompanhar as mudanças que o Google vem surgindo, até mesmo para que possa estar antenado e adequar suas estratégias de SEO. Três blogs que costumo acompanhar são da Moz, Semrush e Search Engine Roundtable. Eles trazem diversos estudos de caso, tendências e notícias em torno do SEO.

Não se prenda a um único modelo de processo de link building. Teste, estude novos e aplique, além de monitorar os resultados. Isso ajudará seu site obter melhores resultados.

Se você gostou ou ficou com alguma dúvida, deixe o seu comentário.

Texto: Ciclo Agência Digital


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *