Como melhorar um açougue?

Publicado por redator em

O ramo da carne é – e provavelmente sempre vai ser – extremamente grande e competitivo. Em alguns bairros é possível ver um açougue em, praticamente, cada esquina, com diferentes tipos de ofertas, carnes e promoções.

Como em todo mercado competitivo existe uma necessidade de se diferenciar em qualquer quesito. No ramo de alimentos em geral a maior qualidade que pode ser gerada é confiança para com o cliente, entregando um produto limpo, de qualidade e passando, acima de tudo, segurança que a carne que ele está comprando é de primeira.

Com essa visão, esse artigo tem como objetivo elucidar alguns pontos possíveis de melhoria em seu açougue para gerar essa confiança como atrativo diferencial para uma clientela exigente.

Encanto à primeira vista

A carne deve estar sempre suculenta aos olhos do cliente. Estudos recentes comprovam que as pessoas por emoção e não, exatamente, por necessidade.

Sendo assim o atrativo da visão deve ser um ponto focal na hora de melhorar um açougue. Essa responsabilidade fica com o freezer expositor, normalmente posicionado para que o cliente tenha o primeiro contato visual com a carne, além de manter o produto a uma temperatura adequada para sua conservação.

Comumente, conta com termostato para regular a temperatura de forma adequada. Vale frisar que a temperatura deve variar entre 1ºC e 7ºC, o suficiente para manter o alimento resfriado e não congelar, mas existem alguns com “dupla ação”, em que pode tanto congelar quanto manter resfriado.

Entender a necessidade do local, bem como o número de clientes, o giro de mercadoria e de estoque, ajudará de maneira crucial a escolher um equipamento que suprirá a demanda sem gastos extra de energia e espaço.

Uma oposição que pode ser mais usual em grandes açougues é o balcão expositor refrigerado aberto, que como o próprio nome sugere tem a facilidade de o cliente poder abrir para escolher seu produto.

Esse modelo é recomendado para carnes que conservem por mais tempo em temperaturas mais próprias do ambiente, afinal o balcão será aberto frequentemente.

Organização, higiene e sensações

Ao entrar em um açougue, uma das primeiras impressões que as pessoas têm é com relação ao ambiente, como se o local é limpo e bem organizado.

Desse modo, a estrutura do local e a organização do material devem ter sintonia.

Uma dica valiosa para isso é investir em pisos reflexivos como os de epóxi, que apresentam uma estrutura elegante e limpa e ainda por cima funciona muito bem em locais pequenos para dar sensação de profundidade.

Uma outra sugestão, se o local for pequeno, é investir em papéis de parede. Optar por uma decoração diferenciada, mesmo que mais simples impacta diretamente na impressão que os clientes terão do lugar.

Optar por um papel de parede 3D, confere as mesmas qualidades que o piso epóxi ao ambiente. Já recorrer aos adesivos proporciona uma decoração divertida e harmoniosa.

Facilidades para manipular a carne

Por ser um ambiente de trabalho com muitas especificidades, é preciso que os funcionários tenham acesso a itens específicos para a manipulação dos produtos como também para a sua segurança.

Desse modo, os principais itens presentes nesse estabelecimento são:

  • Refrigeradores potentes;

  • Equipamentos de segurança (como barra de apoio inox);

  • Equipamentos individuais de segurança;
  • Amaciador de carnes;
    • Balanças;

    Investir no visual e na facilidade para o cliente é realmente necessário, mas entregar para os funcionários o maquinário correto para manipular a carne é o ponto diferencial chave para que o cliente saia satisfeito.

    Clientes são exigentes com a carne, afinal é um produto que está encarecendo cada vez mais, o que causa no cliente uma sensação de maior valorização em cima do produto. Sem mencionar que a qualidade desses produtos interfere diretamente na saúde de quem os consome.

    Seguindo essa mesma linha e entendendo o giro de mercadoria dentro do açougue, um armário de inox de qualidade também garante que as carnes que demorem um pouco mais para serem vendidas continuem com sua qualidade impecável.

    Vale ressaltar que ter confiança no distribuidor é característica fundamental, lembre-se de adquirir insumos de locais de confiança, bem regulamentados e fiscalizados, essa segurança é fundamental até para os funcionários garantirem que o produto apresente as características necessárias para satisfazer o cliente final.

    A bancada inox também é um dos equipamentos que devem apresentar a mais alta qualidade, pois facilitam o corte da carne de forma precisa.

    Melhorar o açougue é uma tarefa árdua a primeiro momento, mas com uma avaliação adequada do local e do tráfego de pessoas é possível entender e suprir as necessidades da clientela.

    O visual é algo chamativo a primeiro momento, mas clientes da área alimentícia visam muito a qualidade final do produto que estará em sua mesa.

    Assim, é recomendado investir na parte estética sempre, mas também visar a qualidade final da carne. Isso é o imprescindível como diferencial pois é a forma de fidelizar clientes. Assim, é necessário uma atenção especial desde o armario para armazenamento até nos produtos que ficarão expostos.


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *