Ajudando a garantir a segurança no ambiente de trabalho

Publicado por redator em

trabalho

Um dos objetivos de uma empresa, além de oferecer um bom serviço aos clientes é dar condições justas e adequadas de trabalho. Por exemplo, uma escola de música precisa oferecer bons materiais de proteção como uma capa de violao almofadada.

Assim como disponibilizar equipamentos de proteção individual, ou seja, mais do oferecer equipamentos de proteção para os instrumentos da empresa, como uma capa para violão folk é importante pensar também em elementos da segurança do trabalho.

Conheça o significado de CIPA

A CIPA é a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes e é composta por funcionários de uma empresa que se reúnem para discutir sobre a segurança no trabalho, assim como a prevenção de acidentes e a necessidade de seguir normas técnicas de segurança.

Essas normas técnicas apresentam quais são os procedimentos que devem ser seguidos para garantir a qualidade de vida dos funcionários. Além disso, essas discussões visam promover soluções e pontos de melhorias de uma empresa.

Dentre os debates, podemos destacar:

  • Uma atuação para estar em parceria com as normas técnicas;
  • Prevenção de incêndios;
  • A necessidade e uso de equipamentos de proteção individual;
  • Recurso para seguridade dos colaboradores.

Para poder acompanhar esse processo de regulação, a CIPA e seus vinculados realizam exames técnicos, assim como um treinamento para estar apto aos primeiros socorros, assim como a prevenção, cuidado e segurança do local.

PPRA X PCMSO: conheça o que é e as diferenças

O PPRA e PCMSO, são dois elementos são importantes e utilizados dentro do ambiente de trabalho com o objetivo de garantir a segurança.

De forma a traduzir, a PPRA é o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais e PCMSO, o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional.

Cada um desses programas desempenham uma função importante dentro da empresa, adotando medidas que ajudem a garantir a qualidade de vida, manutenção da saúde, assim como a prevenção de acidentes dentro do local de trabalho.

Sobre cada um desses programas, o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) apresenta uma regulamentação que é regida pelo Ministério do Trabalho e do Emprego.

Basicamente, esse programa levanta quais são os fatores epidemiológicos que podem colocar em risco a saúde dos funcionários, por meio de doenças transmissíveis de uma pessoa a outra.

Por isso, existe o exame PCMSO que visa avaliar a qualidade de vida e condições de saúde dos trabalhadores, verificando se existe algum fator epidemiológico que possa colocar em risco a saúde dos outros funcionários.

O grande objetivo, além da prevenção de doenças, é monitorar esses funcionários, emitindo relatórios sobre seu estado de vida. Além desse exame técnico que pode ser feito, existem empresas que são especializadas em PCMSO.

Por isso, é possível obter um PCMSO pronto por meio de empresas que são especialistas em segurança do trabalho e que podem fazer essa avaliação e análise.

O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) apresenta normas regulamentadoras que visam prevenir os riscos presentes tanto no meio ambiente, assim como fatores biológicos ou químicos, por exemplo.

Existem áreas de atuação em que os funcionários acabam se expondo a fatores de risco ambiental e por isso, a empresa precisa estar atenta para mitigação desses riscos. O objetivo final é garantir a integridade desse funcionário e por isso, é necessário prevenir os acidentes.

Para realizar esse controle dos fatores biológicos, assim como ambientes de um espaço, esse programa estabelece algumas metas, assim como um cronograma de atuação dentro do local, com o objetivo de avaliar quais são os riscos, reduzir a exposição desse funcionário ao local de risco, assim como realizar um estudo técnico do local.

Basicamente, esses dois segmentos são fundamentais, portanto, dentro de uma empresa, lembrando que ambos seguem as normas do Ministério do Trabalho e podem ser monitorados pela CIPA, que atua para garantir uma Segurança do Trabalho.

Nesse caso, o PCMSO é mais voltado para prevenir doenças, por meio da elaboração técnica e o PPRA tem como objetivo principal realizar análises para prevenção de acidentes por risco ambiental.

É importante ressaltar também que a depender de cada tipo de profissão, os riscos se alteram, sendo necessário realizar novos estudos.

Por exemplo, um PPRA posto de gasolina, esse profissional lida com riscos de periculosidade, por estar com materiais que podem ser inflamáveis e tóxicos. Por isso, a análise de risco ambiental em relação ao funcionário é verificada.

Essa análise é diferente se esse funcionário for médico ou motorista de caminhão, exigindo uma adaptação das normas.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *