A mistura ideal de marketing e administração de empresas

Publicado por redator em

Por mais que as áreas de administração de empresas e marketing sejam distintas, é interessante observar que alguns aspectos são semelhantes e constantemente alinhados no desenvolvimento de estratégias nas empresas.

No entanto, primeiramente é importante compreender ambas as áreas e a importância de cada uma delas para os empreendimentos.

A administração envolve diferentes processos em prol de tomar decisões, elaborar estratégias de acordo com os objetivos traçados e avaliar o cenário geral da empresa para identificar os recursos disponíveis para tais ações. Por esse motivo, é uma área vital para as corporações, independentemente do porte ou do setor de atuação.

Já o marketing tem se tornado cada vez mais uma força entre os mais variados setores, que visa estabelecer a presença de produtos e serviços de uma forma atrativa para o mercado-alvo.

Para isso, conceitos e ferramentas da área são empregados, como análises de fraquezas, forças, ameaças, concorrentes, oportunidades, entre outros pontos cruciais.

O alinhamento entre o marketing e a administração

De acordo com as informações apresentadas, pode-se perceber que são áreas distintas, mas ainda assim ambas apresentam sua importância para um desenvolvimento bem estruturado e saudável das empresas.

Além disso, há fatores em comum entre ambas as áreas, seja nas características necessárias nos profissionais ou processos desenvolvidos.

Por exemplo, a capacidade para promover o engajamento por meio de uma comunicação clara e objetiva é um requisito indispensável nos profissionais de ambas áreas e que pode beneficiar as empresas de forma geral, tanto no que diz respeito a aspectos internos, quanto nos projetos externos.

Além disso, as noções sobre pesquisas de mercado e do comportamento do consumidor também são indispensáveis para ambas as áreas.

Neste cenário, é interessante observar que o marketing vai muito além de apenas elaborar propagandas, sendo muitas vezes considerado a “alma” da empresa.

Em todo este cenário, para compreender de forma clara a ligação e importância desses setores, pode-se enxergar a administração de marketing como um elo capaz de estabelecer uma relação entre o que é produzido pela empresa e a informação transmitida para os clientes finais.

A importância de um bom planejamento e gestão

É preciso observar o quanto o mercado se torna cada vez mais competitivo, principalmente ao considerar a exigência cada vez mais evidente dos consumidores.

Neste contexto, é interessante que as empresas busquem oferecer as necessidades de consumo adequadamente, desde o modo de oferta de produtos, até os preços oferecidos.

Por esse motivo, um bom planejamento e gestão se torna indispensável para as corporações, pois juntamente com áreas como o marketing, é possível estabelecer as melhores medidas a serem tomadas perante as ações internas e externas.

Para um planejamento mais estratégico, é indispensável um conhecimento amplo da empresa, desde seus valores, atuação, até objetivos e perspectivas.

A partir desse amplo conhecimento, é possível obter o plano estratégico, que consiste em basicamente um grupo flexível de dados consolidados, que servem essencialmente como referência para as ações organizacionais.

Por mais que possam envolver informações da empresa como um todo, é importante citar que, comumente, por meio do plano estratégico, são elaborados planos operacionais e táticos, que atendem a execução de diferentes atividades.

O setor de marketing nas empresas

Conforme pode ser notado ao longo do texto, o marketing é um meio importante para a presença da empresa no mercado, principalmente por contribuir com uma melhor gestão e controle das decisões.

Por essa razão, facilmente essa área é atrelada a administração e correspondem aos setores vitais para o funcionamento de pequenas, médias e grandes empresas.

De forma geral, o departamento de marketing pode envolver diferentes profissionais, tais como:

  • Analistas:
  • Coordenador;
  • Gerente;
  • Diretor.

São cargos realmente distintos, pois os analistas são essenciais para as ações micro e decisões estratégicas, enquanto o coordenador tem como principal responsabilidade análises das performances das campanhas, além de acompanhar o desenvolvimento de programas de marketing.

Já o gerente atua na elaboração de pesquisas no mercado, estratégias em prol de melhores resultados, além de interligar o relacionamento entre os setores de marketing e comercial.

Por fim, o diretor de marketing tem grande responsabilidade no planejamento estratégico e nos resultados de modo geral. Com uma organização adequada e um time comprometido, é possível alinhar as áreas de marketing e administração em prol de resultados satisfatórios para a empresa.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *