A importância do uso de EPIs para a segurança do trabalho

Publicado por redator em

Os colaboradores de uma empresa são peças fundamentais para o desenvolvimento dela.

Devido à sua importância, os funcionários precisam ser valorizados por meio de investimentos por parte da empresa em cursos profissionalizantes, workshops e até mesmo em palestras.

Além disso, a depender do seguimento é importante ter outros cuidados com os funcionários, no que se refere à sua proteção e segurança.

Dentro de uma empresa, um setor que consegue acompanhar de perto seus funcionários é a Segurança do Trabalho.

Esse setor é formado por técnicos e pessoal profissionalizado em atuar evitando acidentes no ambiente de trabalho, para que ele seja o mais agradável e receptível.

Além disso, é dever deve setor dar preferência a ações e cuidados internos que visem ao bem-estar do funcionário, para que ele realize de maneira assertiva sua função.

Por causa da importância desse setor e do cuidado com o funcionário, este artigo trará algumas dicas de como manter esse funcionário mais seguro e feliz. Não deixe de conferir!

Os equipamentos de proteção individual

Todo local oferecerá algum tipo de risco ao funcionário. Seja em um escritório ou dentro do ambiente industrial. O que muda é o tipo de risco que o funcionário terá.

Por isso, cabe à empresa especializada em investir em equipamentos de proteção individual (EPIs).

Esses equipamentos primam pela segurança do funcionário e o bem-estar.

O uso desses equipamentos é obrigatório e contribui para evitar acidentes no ambiente de trabalho.

A falta desses equipamentos pode gerar multas à empresa, além de graves problemas aos funcionários.

Existem vários desses equipamentos disponibilizados ao cliente, como:

  • Luvas;
  • Protetor auricular;
  • Máscaras;
  • Protetor para cabelo;
  • Óculos;
  • Roupa especializada;
  • Protetor para os dentes;
  • Dentre outros.

Ou seja, esse tipo de protetor é de uso individual e é entregue aos funcionários pela empresa.

Para obter esse material, a empresa entra em contato com Empresas de epi, que são técnicas e especializadas na produção desse segmento.

Por meio dessas empresas, é possível realizar um orçamento sobre a quantidade de equipamento disponível e quando isso será feito.

Adiante, especificaremos de maneira mais assertiva quais são os tipos de protetores e em que ocasiões eles podem ser utilizados.

Qual EPI utilizar para aumentar a segurança?

Acima, nós citamos sobre o uso dos óculos de segurança epi.

Eles são indicados para funcionários que atuam dentro da indústria em setores que lidam com altas temperaturas, usinagem, metalurgia e confecção de materiais, em locais como construção civil, que dirigem veículos específicos e em situações em que a visão pode ser comprometida por causa da falta de proteção dos olhos.

Por isso, o uso desses óculos pode fazer toda diferença.

Os oculos de segurança estão disponíveis no mercado em diversos modelos e tamanhos diferentes, podendo ser adaptados a depender do funcionário.

Além dos óculos, existem vários outros equipamentos que ajudam a proteger pontos específicos do corpo.

Dentre outro modelo que é bastante interessante, podemos citar as botinas para trabalho.

As botinas são calçados específicos para atuação de funcionários, estando presente principalmente no âmbito industrial.

Mas, além desse tipo de calçado, existem outros específicos por área de atuação.

Na área da saúde, por exemplo, podemos citar calçados mais claros, feitos à base de plástico e de fácil limpeza.

Ou seja, a depender da área de atuação e seguimento, o tipo de equipamento de proteção individual pode mudar.

Por exemplo, existem os equipamentos de segurança para trabalho em altura.

Existem alguns tipos de trabalho que envolvem maior periculosidade e, por isso, os equipamentos de proteção precisam ser reforçados.

Nesse caso, o funcionário precisa se submeter a uma situação de risco, estando em uma altura elevada.

Por isso, esses equipamentos podem ajudar em sua proteção. Eles consistem em cordas, tipo de roupas específica, luvas e também capacete.

O mesmo vale para profissionais que trabalham com elementos cortantes, elevadas temperaturas, ou em situações de risco, como é o caso de policiais e militares.

De modo geral, o que importa é que a empresa priorize a segurança do seu funcionário por meio do uso de equipamentos modernos e tecnológicos.

Eles podem ser encontrados em uma distribuidora de epi e renovados assim que for necessário à empresa e ao funcionário.

Lembre-se, não basta apenas ter o equipamento, é importante que o funcionário saiba como utilizar, seja conscientizado da importância do seu uso e ainda, seja algo novo e exclusivo para ele.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *