4 maneiras como um advogado pode ajudar sua empresa

Publicado por redator em

Boa parte dos empreendedores pensa que só vai precisar contratar um escritório de advogado caso alguém, seja um funcionário ou mesmo um terceiro, entre com uma ação contra ele na Justiça.

Isso, porém, não é verdade: esses profissionais têm muito mais a oferecer a um estabelecimento.

Dependendo do perfil do advogado e do contratante, é possível até mesmo que a advocacia assuma uma função estratégica dentro do negócio.

Quer aprender mais sobre isso? Então continue lendo e confira algumas das funções de um advogado empresarial e como ele pode ajudar o seu estabelecimento a se destacar perante a concorrência:

Consultoria trabalhista

No Brasil, há uma única lei que regula as relações entre empregadores e empregados: a Consolidação das Leis do Trabalho, mais conhecida como CLT.

Apesar disso, trata-se de um diploma legal extenso, que aborda assuntos muito diversos, tais como:

  • Jornada e descanso semanal;

  • Uso de equipamentos de proteção individual (EPIs);

  • Proteção do mercado de trabalho da mulher;

  • Processos de admissão e demissão.

Por conta disso, é difícil que um empreendedor, independemente do ramo, conheça todos os seus direitos e obrigações.

Consequentemente, as chances de que ele infrinja as normas, mesmo que não intencionalmente, são grandes.

A contratação de um advogado para empresas que preste consultoria trabalhista, por sua vez, pode ajudar com isso.

Nesse caso, o profissional atua prestando orientações aos proprietários de um negócio, tornando claro o que eles podem e não podem fazer. Assim, o risco de ações na Justiça do Trabalho cai consideravelmente.

Auxílio no fechamento de novos negócios

Quando um empreendedor começa um negócio, seu objetivo é fazer com que ele cresça.

Para que isso aconteça, ele precisa conquistar clientes, investidores e, em alguns casos, fechar fusões e aquisições de outros negócios.

Isso, por sua vez, é extremamente complexo: boa parte desses procedimentos é regulada por diversos mecanismos legais, de modo a evitar excessos de ambas as partes.

Assim como na área trabalhista, isso significa que será necessário contratar um advogado empresarial que possa prestar toda a assistência necessária e até mesmo preparar os documentos necessários para formalizar a operação.

Vale ressaltar, ainda, que alguns profissionais não se limitam a isso: alguns dominam até mesmo técnicas de negociação e arbitragem.

Deste modo, eles não se limitam a ser meros resolvedores de burocracia: a partir desse momento, sua função se torna estratégica.

Auxílio ao participar em licitações

Nem só de vendas a outras empresas privadas vivem os negócios: muitos deles conseguem obter retornos interessantes de contratos com o poder público, seja para a venda de produtos ou a prestação de serviços.

Porém, as particularidades desse setor fazem com que as possibilidades de contratação direta sejam reduzidas: em quase todos os casos, é preciso participar de uma licitação, ou, ao menos, de sua versão simplificada, o pregão.

Ambos os procedimentos são regulamentados por diplomas legais específicos: as regras de licitações constam na Lei nº 8.666/92 e, as das licitações, na lei nº 10.520/02.

Por conta disso, é interessante procurar por advogados em São Paulo que dominem a área de direito administrativo, que envolve esses e muitos outros assuntos relativos à administração pública.

Assim, todas as etapas, desde a preparação dos documentos até o julgamentos das propostas, acontecerão com o respaldo de um profissional no assunto.

Representação judicial

Por mais que boa parte das pessoas e negócios busquem evitar essa solução ao máximo, é inevitável que certos impasses tenham que ser resolvidos na Justiça.

Normalmente, isso acontece quando todos os caminhos de solução extrajudiciais se esgotam, fazendo com que o judiciário tenha que intervir para decidir qual das partes tem a razão.

Apesar de, como visto anteriormente, advogados possam fazer muito mais do que representar uma empresa na Justiça, essa é uma de suas funções mais importantes.

Por meio da arguição, da apresentação de provas e da realização de perguntas a testemunhas, sua função é convencer o juiz de que o seu cliente é a parte que tem razão naquela ação em específico.

Vale ressaltar que, apesar de o procedimento jurídico em si ser quase sempre o mesmo, é comum que um escritório de advocacia em sp tenha uma especialidade, seja ela a área trabalhista, empresarial ou até mesmo previdenciária.

Por conta disso, é importante optar por um estabelecimento que seja focado na área em questão, para aumentar as chances de sucesso.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *